April 03, 2020

Transporte público toma medidas preventivas em face da pandemia covid-19

Transporte público toma medidas preventivas em face da pandemia covid-19

Desde 12 de março, foram emitidos comércios para que as empresas do transporte público tomem medidas preventivas contra o alto risco de contágio da doença.

Desde o início de março, e diante da iminente chegada do COVID-19 no Chile, a Comissão Metropolitana de Transportes Públicos emitiu 33 comércios para que as empresas que compõem o transporte público tomem medidas de prevenção contra o alto risco de contágio da doença.

O primeiro comércio, com data de 12 de março de 2020, solicitou que as empresas seguissem rigorosamente as recomendações estabelecidas pela autoridade sanitária, a fim de evitar o contágio. Dessa forma, as empresas foram solicitadas a enviar preventivamente para casa todos os trabalhadores que pertenciam aos grupos de risco, seja por idade ou por terem doenças crônicas. Além disso, foram solicitadas medidas sanitárias extremas em pátios, terminais e ônibus, e a ter gel de álcool e implementos de segurança para evitar o contágio.

Dado que o aumento de casos na cidade de Santiago, o uso da segunda e terceira portas de ônibus que não possuem cabine segregada foi instruído.

Foi ainda instruído que, no caso de detecção de um trabalhador com sintomas de possível contágio, foi imediatamente colocado em quarentena e encaminhado a um centro de saúde para o respectivo exame.

Ao longo dos dias, essas medidas foram acoplado à necessidade de higienizar ônibus e locais de trabalho com produtos especialmente projetados para esse tipo de crise de saúde.

Em conjunto com eles, foi criado um protocolo para relatar, interna e externamente, casos que seriam positivos para o COVID-19. Dessa forma, é realizado um controle exaustivo do número de casos e os trabalhadores podem ter as informações em tempo hábil e verdadeiro.

Uma vez que, o aumento dos casos na cidade de Santiago, o uso da segunda e terceira portas de ônibus que não possuem cabine segregada foi instruído para que os passageiros possam manter a distância adequada com o motorista e evitar possíveis contaminadores.

Como forma de proteger os trabalhadores do transporte público, e através dos esforços do MTM e do apoio do Ministério da Saúde, a vacinação contra a gripe foi possibilitada para todos os motoristas do sistema. Quase 40% dos motoristas foram imunizados na primeira semana.

Uma campanha está sendo implementada para que os usuários protejam medidas preventivas durante a viagem, incluindo a devida eção.

Para garantir a continuidade do serviço para os usuários, outras negociações foram emitidas sem especificar que, em casos de toque de recolher ou quarentena, os trabalhadores das empresas podem transitar com sua Credencial e Carteira de Identidade. Isso permitiu o serviço de transporte de superfície a partir das 05:30.

Nessa mesma linha, foram feitas alterações no programa operacional que permitiu, por um lado, reduzir a frequência e melhorar a regularidade, tudo para melhorar a oferta e permitir que os usuários dentro dos ônibus mantivessem a distância recomendada pela autoridade de saúde.

Além disso, uma campanha está sendo implementada para que os usuários protejam medidas preventivas durante a viagem, incluindo a devida eção.

Além das medidas descritas acima, desde o DTPM, passando pela equipe de manutenção, a higienização e limpeza de ônibus nos terminais está sendo constantemente auditada para garantir uma desinfecção adequada da frota e para proporcionar tranquilidade aos nossos usuários que devem ocupar o transporte público em meio a essa contingência.

Também foram oficiadas medidas de prevenção solicitando a adoção das medidas e seu respectivo relatório a outras empresas de transporte público, como Indra, AFT, Sonda, Rede de Carga, Metrô e Tren Central.

Essas medidas continuarão a ser implementadas enquanto a autoridade decretar como uma necessidade que devemos enfrentar como país. Na medida do necessário, tomaremos medidas adicionais para garantir a segurança de nossos motoristas e pessoas que utilizam o transporte público.

Pôster de perguntas e respostas de quarentena.
Fechar ícone