September 29, 2020

MTT incorpora 168 ônibus vermelhos padrão no transporte público metropolitano e lança nova campanha para o uso correto da máscara

MTT incorpora 168 ônibus vermelhos padrão no transporte público metropolitano e lança nova campanha para o uso correto da máscara

Com as novas unidades, a presença da frota Vermelha aumenta sua presença na comuna de La Pintana, através das rotas 212 e 216. As manchetes do MTT e Mineração, Gloria Hutt e Baldo Prokurica, apresentaram as novas placas dispostas nos ônibus a fim de disseminar medidas de autocuidado no momento da viagem.

Instalando novas placas dentro dos ônibus metropolitanos do transporte público e emitindo uma nova versão do cartão de bipe! destacando a importância do uso correto da máscara, o Ministério dos Transportes e Telecomunicações (MTT) lançou hoje uma nova campanha de informação com o objetivo de promover o autocuidado durante a pandemia pela Covid-19.

nova versão do cartão bip! destacando a importância do uso adequado da máscara

A titular da pasta, Gloria Hutt, juntamente com o ministro da Mineração Baldo Prokurica, ressaltou a relevância do uso desse elemento de proteção pessoal para evitar o contágio.

“Estudos internacionais de rastreabilidade concluíram que o transporte público não é um local de risco aumentado de contágio. De fato, os níveis de contágio têm se mostrado limitados devido a medidas como o uso de máscaras ou lavar as mãos ou usar gel de álcool antes e depois das viagens. É importante que os usuários não cessem essas medidas de autocuidado que são fundamentais para prevenir o contágio”O Ministro Hutt enfatizou.

O Secretário de Estado acrescentou que “essa campanha informal que estamos apresentando hoje é acompanhada pela emissão de um novo cartão bip! que ressalta a importância de respeitar as medidas previstas pela autoridade sanitária.”

Mudanças climáticas fazem a mineração assumir um papel fundamental, porque a eletromobilidade é o Chile: é cobre, lítio e cobalto

Na ocasião, o ministro Hutt também anunciou a incorporação de 168 ônibus vermelhos padrão no sistema (50 elétricos e 118 Euros 6), o que aumentará sua presença em La Pintana, através das rotas 212 e 216, o que foi destacado na instância pela prefeita daquela comuna, Claudia Pizarro.

Por sua vez, o ministro Baldo Prokurica ressaltou que o Chile continua a crescer em termos de eletromobilidade e afirmou que “A mudança climática faz com que a mineração assuma um papel fundamental, porque a eletromobilidade é o Chile: é cobre, lítio e cobalto. Aqui está uma amostra do que o Governo do Presidente Sebastián Piñera e do Ministro dos Transportes tem feito, juntamente com esses elementos fornecidos pela mineração chilena. Por exemplo, um veículo normal e comum tem 23 quilos de cobre, enquanto um veículo elétrico tem 83 quilos de cobre. Mas também contém baterias de lítio que usam elementos que o Chile tem e está disponível para ajudar a combater as mudanças climáticas.”

Enquanto isso, a prefeita da Pintana, Claudia Pizarro, argumentou que “Sempre pedimos dignidade para os passageiros, especialmente as mais humildes comunas. Portanto, essa renovação das rotas 212 e 216 para Providência e Vitacura, para nós é muito importante, pois nessas condições pandêmicas, melhora a segurança e a salvaguarda da saúde (das pessoas).”

Até agora, o percentual de frota com padrão Vermelho chega a 24,9% e, uma vez concluído esse processo, chegará a 32%.

“Avançamos com a incorporação da frota Vermelha, que só traz melhorias para os usuários, especialmente pessoas das comunas mais vulneráveis e que vivem em comunidades remotas como La Pintana ou Quilicura”,disse o diretor de Transporte Público Metropolitano Fernando Saka.

Mobilidade esta manhã

Na ocasião, a ministra Gloria Hutt fez um relato sobre o fluxo de veículos desta manhã na Grande Santiago, um aumento de 3,8% em relação à última terça-feira. No entanto, ainda está 31% abaixo de um dia normal no ano passado.

Por sua vez, o tempo de viagem aumentou 9,2% em relação à semana passada. As comunas onde mais aumentaram foram La Granja (27%), Puente Alto (19%) e Recoleta (18%).

Quanto às validações (viagens) no sistema de transporte público metropolitano, ontem houve um aumento de 11,6%, com um total de 1.895.796 transações. No entanto, em relação ao ano passado, a demanda é inferior a 66,6%.

Fechar ícone